Artigo

Categoria

Temas

Compartilhe

Você já deve ter ouvido falar que a terceirização da montagem de placas eletrônicas está cada vez mais popular entre as indústrias. As empresas que buscam esse serviço querem obter mais eficiência, reduzir custos e contar com um trabalho de excelência. Mas será que essa é uma boa alternativa para a sua empresa? Nesse texto, comentaremos algumas dúvidas e objeções comuns em relação ao assunto para que, ao final, você conclua se a terceirização é a opção que mais se encaixa no perfil da sua empresa.

Principais dúvidas em relação a terceirização da montagem de placas eletrônicas

Não é de hoje que donos de pequenas e grandes indústrias sabem que a terceirização pode ser extremamente vantajosa, especialmente quando feita com fornecedores confiáveis e sem interferir na atividade fim da empresa em questão. Apesar disso, quando o assunto é a placa eletrônica que irá compor um produto, algumas delas tendem a recuar. Não é para menos. A placa eletrônica é uma parte extremamente importante em qualquer produto eletroeletrônico e precisa ser tratada com atenção. O que nem todos percebem é que é justamente essa a maior vantagem da terceirização da montagem de placas eletrônicas. Contratar uma empresa especializada é a certeza de que o produto será manufaturado por profissionais experientes no segmento específico, testada e validada pelos melhores equipamentos. Mesmo assim, surgem dúvidas como:

Minha demanda é um protótipo ou um pequeno lote. É vantajoso terceirizar?

Sabemos que quanto mais se alonga a fase de prototipagem, mais caro o produto se torna para a empresa. Se você trabalha com uma startup ou se o seu produto é totalmente inovador, contar com a expertise de uma empresa especializada na montagem de placas eletrônicas pode ser muito interessante. Muitas vezes, empresas pouco experientes, mas com boas ideias, perdem tempo e dinheiro cometendo erros que poderiam ser solucionados apenas com mínimos ajustes no produto. Com um parceiro, os profissionais responsáveis pela montagem podem analisar o produto, ajustá-lo para melhor atender as necessidades de montagem e contribuir para que o resultado final aconteça mais rápido e seja bem acabado. Por isso, ao mensurar custos, considere, também, a redução de riscos e tempo durante a fase de desenvolvimento do produto.

Tenho uma demanda grande. Não vale mais a pena fazer o serviço por conta própria?

Isso depende da disposição que sua empresa possui para ter profissionais especializados e equipamentos atualizados. Além de complexo, o custo é caro. Se o segmento da sua empresa não é especificamente o de eletrônica, terceirizar a montagem de placas significa ter como parceira uma entidade que sempre terá os melhores equipamentos e profissionais dedicados ao seu produto. Ao optar por internalizar a montagem, tenha em mente que você precisará, além da compra dos equipamentos, fazer a manutenção, trocar as peças, contratar e capacitar pessoal além de, eventualmente, substituir o próprio equipamento, quando ele se tornar obsoleto.

Tenho medo que a empresa terceirizada não cumpra prazos

Sim, por mais que não seja comum, esse é um risco para qualquer empresa. Por isso, antes de fechar negócio você precisa fazer uma análise detalhada sobre o trabalho de terceirização da montagem de placas eletrônicas. Pergunte como funciona a gestão de informações fabris e se há cronogramas de produção, mostre-se interessado e preocupado com prazos. Além disso, faça visitas técnicas na fábrica e consulte colegas que já contrataram o serviço. Para minimizar os riscos, prefira as empresas que possuam, também, a capacidade de importar os insumos, mantendo o controle de todas as etapas do processo.

Meu produto é muito específico, será que a empresa será capaz de montar minha placa?

Para ter certeza disso, faça questão que seus engenheiros e responsáveis técnicos acompanhem as visitas à fábrica escolhida para a terceirização da montagem de placas eletrônicas. A empresa ideal, além de ter equipamentos altamente especializados, deve estar disposta a atender às necessidades específicas de cada cliente.

Consulte também a possibilidade de utilização de ferramentas de Design for Excellence (DfX), para garantir que o desenvolvimento do processo produtivo conte com o máximo de informações possíveis.

Optar pela terceirização da montagem de placas eletrônicas é mais barato?

Algumas empresas deixam até de cogitar a terceirização da montagem de placas eletrônicas por não considerar vantajoso economicamente. Acontece que, na montagem de placas, muitos fatores estão envolvidos desde a importação dos componentes até a fase de testes e entrega do produto. Por isso, ao medir custos leve em conta:

  • Você tem uma equipe de compras capaz de medir fatores como lead time e tempo de vida do componente eletrônico?
  • As condições de armazenamento da sua empresa são ideais para receber componentes eletrônicos? Caso não sejam, quanto custa o aluguel para um galpão adequado?
  • Como funciona a rotina de testes eletrônicos na sua empresa? Você possui profissionais especializados?
  • Você está disposto a arcar com as despesas decorrentes de erros de montagem e ocasional perda de componentes?

Observados esses fatores, coloque-os na previsão de orçamento e compare com os valores propostos pela empresa cotada para a terceirização da montagem de placas eletrônicas. Caso tenha alguma dúvida, converse conosco!

Coordenador de Sistemas Fabris Inteligentes na Fundação CERTI

certi@certi.org.br

Artigos Relacionados

22 de Março, 2018/ Produtos e Sistemas

Investir em inovação pode reduzir o seu custo de produção?

O custo de produção diz respeito a todos os gastos relacionados à produção de determinado produto. Eles podem ser divididos em diretos e indiretos. Os diretos são aqueles relacionados à [...]

16 de Março, 2018/ Produtos e Sistemas

Retorno sobre investimento: como fechar a conta da inovação?

O retorno sobre investimento é uma das preocupações fundamentais quando o assunto é inovação. Por mais que entendam a importância de inovar, a maioria dos gestores de empresas relutam em [...]

8 de Março, 2018/ Produtos e Sistemas

Por que a gestão da inovação deve ser uma prioridade na sua empresa?

A gestão da inovação engloba todos os processos relacionados ao planejamento e execução de projetos inovadores. Falar em metas e planos para algo que envolve uma boa dose de risco e criatividade [...]