Artigo

Temas

Compartilhe

Você que acompanha as novidades sobre a automação industrial sabe que a tecnologia tem avançado rapidamente e muitas vezes é difícil saber ao certo por qual caminho seguir. O fato é que estamos em um momento crítico, de muitas mudanças, e ficar estagnado não é uma opção. Apesar de ainda existir um panorama de incertezas sobre a velocidade na transição para a indústria 4.0, alguns caminhos já foram traçados. Sabemos, por exemplo, que não há como avançar sem aprimorarmos em comunicação, tanto de humanos quanto de máquinas (uns com os outros e entre si). Já existem muitas possibilidades para a automação industrial, algumas bastante difundidas, outras ainda em consolidação. Separamos algumas delas para que você conheça e enxergue oportunidades para o seu negócio.

Principais caminhos para quem quer investir em automação industrial

Um cenário instável, apesar de apresentar dúvidas, também significa oportunidades. Isso não só criando produtos completamente novos, mas também desenvolvendo insumos ou aprimorando soluções existentes. A Certi trabalha para que as empresas conheçam as tecnologias, aponta caminhos, atua como integradora e desenvolve soluções inovadoras através de parcerias. Veja as principais tendências:

Máquinas inteligentes

Sabemos que dentro de uma fábrica que trabalha no conceito de manufatura avançada as máquinas devem comunicar entre si e com todo o processo usando o conceito de IoT. A tecnologia liga as máquinas à internet e as alimenta com informações a ponto de torná-las capazes de tomar decisões inteligentes. Os estudos avançam para o desenvolvimento de plataformas interoperáveis para incorporação aos produtos e caminham para uma condição de substituir os humanos em tarefas mecânicas, repetitivas ou perigosas  e deixem para eles trabalhos criativos e intelectuais. Ainda hoje são poucas as máquinas ligadas à internet, mas há a estimativa de que até 2020 elas já sejam 50 bilhões.

Produtos que conversam com o processo

Uma das tecnologias usada para esse fim é a RFID (tecnologia de Identificação por Radiofreqüência), na qual chips são usados para gerar indicadores de produção, rastreamento de produtos, etc. Nesse quesito há oportunidades tanto para quem deseja implantá-los na sua indústria, com o objetivo de melhorar a produtividade, quanto para quem irá desenvolver soluções por meio da tecnologia.

O processo empodera as pessoas

Como já mencionamos, à medida que as máquinas passam a participar do processo de forma ativa, sobra aos humanos o trabalho intelectual, mas até nisso as máquinas poderão ajudar. Um equipamento programado para a automação industrial é capaz de informar, por exemplo, que está trabalhando em níveis críticos, apontar o problema e indicar a solução. Pode também trazer instruções para a montagem, corrigir erros e ensinar sobre o seu funcionamento. Esse processo torna os funcionários de uma empresa capazes de trabalhar em qualquer setor.

Fluxo de informações de ponta a ponta

Com toda a tecnologia em funcionamento e aliada a outros conceitos como o de Smart Cities, a informação sobre os processos será completa. Será possível obter e analisar informações sobre um produto desde a matéria-prima até o destino que foi dado a ele após o uso. Uma fábrica têxtil, por exemplo, terá informações em tempo real sobre qual modelo e cor de uma determinada roupa teve mais aceitação. Essa informação serve tanto para acelerar ou frear a fabricação de mais peças, quanto para criar novas coleções baseadas na preferência do público.

Diretor do Centro de Processos Produtivos

certi@certi.org.br

Artigos Relacionados

22 de Março, 2018/ Produtos e Sistemas

Investir em inovação pode reduzir o seu custo de produção?

O custo de produção diz respeito a todos os gastos relacionados à produção de determinado produto. Eles podem ser divididos em diretos e indiretos. Os diretos são aqueles relacionados à [...]

16 de Março, 2018/ Produtos e Sistemas

Retorno sobre investimento: como fechar a conta da inovação?

O retorno sobre investimento é uma das preocupações fundamentais quando o assunto é inovação. Por mais que entendam a importância de inovar, a maioria dos gestores de empresas relutam em [...]

8 de Março, 2018/ Produtos e Sistemas

Por que a gestão da inovação deve ser uma prioridade na sua empresa?

A gestão da inovação engloba todos os processos relacionados ao planejamento e execução de projetos inovadores. Falar em metas e planos para algo que envolve uma boa dose de risco e criatividade [...]